Aumente a produtividade nos estudos com a Técnica Pomodoro

Você já ouviu falar da Técnica Pomodoro? Se sim, já a colocou em prática? Ainda não? E se nunca ouviu, fique atento porque esta técnica pode melhorar muito a sua produtividade!

Para quem não sabe, “Pomodoro” é o nome de um molho de tomate…bom, é verdade que temos um molho de tomate com esse nome, mas na verdade, “Pomodoro” significa “tomate” em italiano. E qual a relação entre um tomate e o aumento da sua produtividade?

Francesco Cirillo, o criado desse método, escolheu esse nome por conta daqueles cronômetros de cozinha com o formato de um tomate para gerenciar o seu tempo. Esses cronômetros não são muito comuns aqui no Brasil, mesmo assim, a técnica continua válida, já que não é obrigatório que você use um cronômetro com esse formato para colocá-la em prática.

Elaborada no fim da década de 1980, a técnica se baseia na ideia de que fluxos de trabalho divididos em blocos podem melhorar a agilidade do cérebro e estimular o foco. Depois de muita pesquisa, Cirillo chegou ao período de 25 minutos como sendo o tempo ideal para esses blocos, também conhecidos como “pomodoros”.

A técnica funciona assim:

1) Faça uma lista com as tarefas que estão pendentes.

2) Programe um cronômetro para 25 minutos (vale usar o despertador do celular ou um aplicativo próprio para isso – veja uma lista ao final deste post).

3) Escolha uma das tarefas e trabalhe nela sem interrupções (por exemplo, não vale entrar em nenhuma rede social, tampouco no WhatsApp, ok?)

4) Quando o despertador tocar, faça uma pausa de 5 minutos (a sugestão mais indicada é que você se levante e se movimente: vá caminhar, faça um alongamento etc.)

5) Risque a tarefa da sua lista depois que terminá-la.

6) Retome o trabalho depois da pausa para mais um “pomodoro” (25 minutos)

7) A cada quatro “pomodoros”, faça uma pausa mais longa: 30 minutos.

Repita isso todos os dias que precisar estudar. Comece fazendo a lista diária (isso ajuda a estabelecer o seu foco) e anote quantos “pomodoros” usou, ao lado de cada tarefa da sua lista. A ideia é que, com o passar do tempo, você descubra quantos “pomodoros” usa para fazer suas atividades (isso vai ajudar a estimar prazos).

Como nem tudo é perfeito, temos algumas observações quanto ao método:

  • Quando o criador do método diz que é pra fazer “sem interrupções”, é sem interrupções mesmo. Você só pode parar se for extremamente urgente. Precisa ir ao banheiro? Levante e vá. Está recebendo ligações da sua família? Atenda. Quando interromper um “pomodoro”, ele deve ser cancelado. E então, assim que possa retornar, inicie um novo. É um método bem rígido, justamente para evitar distrações e forçar a sua concentração.
  • Se lembrar de algo que precisa fazer ou tiver uma ideia enquanto executa um “pomodoro”, anote em um papel como “atividades não planejadas” e volte a trabalhar até terminar os 25 minutos.
  • O descanso de até 5 minutos pode ser pouco, se a atividade mental tiver sido muito exigente e cansativa. A nossa recomendação é que você descanse mais, se precisar, para não correr o risco de retomar a próxima etapa de estudos exausto (só não vale uma pausa de dois dias, né?).
  • Muitas vezes você já está animado com um trabalho, mas o tempo do cronômetro está acabando e você acaba fazendo a pausa. A parada pode fazer com que você demore mais para voltar ao ponto em que parou e se concentrar novamente. O que fazer neste caso? A depender da atividade, se você realmente está focado, continue. Em alguns casos não vale a pena fazer uma pausa que possa pôr a perder essa motivação. Faça testes e adapte o tempo à atividade que estiver fazendo.
  • Para atividades que exijam um esforço criativo maior, como fazer um simulado, esse método pode não funcionar. A “inspiração” nem sempre aparece na hora que a gente quer, muito menos quando o tempo é limitado a 25 minutos. Estender esse prazo pode dar mais certo.

A Técnica Pomodoro é bem interessante para evitar a procrastinação (afinal, um “pomodoro” só dura 25 minutos, e sendo assim é relativamente mais fácil controlar a ansiedade pra não mexer no celular por esse tempo, não é mesmo?) e é muito boa para quem precisa de uma ajudinha pra se concentrar.

E claro, se você acha que 25 minutos é pouco, nada te impede de aumentar o “pomodoro” de acordo com as suas necessidades.

Aplicativos para iOs:

https://apps.apple.com/br/app/meu-pomodoro/id1140527427

https://apps.apple.com/br/app/foco-mantenha-o-foco-e-aumente-a-produtividade/id1159925434

Aplicativos para Android:

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.tatkovlab.pomodorolite&hl=pt_BR

https://play.google.com/store/apps/details?id=com.superelement.pomodoro&hl=pt_BR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.